Brasil leva 18 projetos de estudantes à competição mundial de ciências

Brasil leva 18 projetos de estudantes à competição mundial de ciências
26/04/2011
view.image?Id=580

A Intel Brasil anunciou a delegação brasileira de jovens estudantes selecionados para disputar a edição 2011 da maior feira pré-universitária de ciências do mundo – Intel ISEF (Intel International Science and Engineering Fair). http://www.societyforscience.org/intelisef2011
Patrocinado pela Intel, o grupo é composto por 28 estudantes, representantes dos 18 projetos finalistas das duas principais feiras nacionais – Febrace (São Paulo, SP) http://febrace.org.br/ e Mostratec (Novo Hamburgo, RS)http://www.mostratec.com.br/site/ .

A Intel ISEF deste ano acontecerá em Los Angeles, EUA, entre os dias 8 e 13 de maio contando com a participação de 1.500 estudantes que apresentarão projetos de 60 diferentes países, concorrendo a mais de US$ 4 milhões em bolsas de estudos e outros prêmios.

A delegação que representou o Brasil em 2010 alcançou número recorde de premiados da história da participação brasileira na competição. Com 19 premiações e duas menções honrosas, o grupo se classificou como terceiro país mais premiado, atrás das equipes norteamericana e chinesa. Cinco estudantes brasileiros foram premiados em 1º e 2º lugar em diversas categorias, e foram homenageados pelo MIT (Instituto de Tecnologia de Massachussets), que batizou asteroides em homenagem aos vencedores.

“Talento, curiosidade e oportunidade são ingredientes fundamentais para o desenvolvimento de um cientista. Ao estudante, cabe o talento e a curiosidade, já as oportunidades devem ser geradas pela sociedade. A Intel patrocina e apoia feiras de ciências no Brasil e em todo o mundo para gerar oportunidades a esses futuros cientistas. A Intel Brasil enviará 28 estudantes que representarão 18 ideias brasileiras na Intel ISEF. Ao todo, já enviamos mais de 700 jovens para este intercâmbio cultural e científico”, explica Fernando Martins, presidente da Intel Brasil.

A ISEF é realizada desde 1950 e já revelou milhares de projetos inovadores, patentes e cientistas brilhantes para todo o mundo. E desde 1996, a feira conta com o patrocínio da Intel e traz o nome de Intel ISEF – Intel International Science and Engineering Fair.

Febrace e Mostratec

Para a composição da delegação brasileira de jovens que representará o Brasil internacionalmente neste ano, a Intel contou com a parceria das duas maiores feiras pré-universitárias do Brasil – Febrace (São Paulo) e Mostratec (Porto Alegre).

Dos trabalhos apresentados na 9ª Febrace, nove foram selecionados para competirem na Intel ISEF, ao lado de outros nove qualificados na 25ª Mostratec. Confira os projetos dos jovens brasileiros que vão à competição ISEF:

AMAZÔNIA

PROJETO: ARVO – Automatic Recycling of Vegetable Oil

De: Manaus, AM

Estudantes: Allan Soares de Sousa, Líbia Ezagui Torres de Brito e Marcel de Almeida Siqueira.

A máquina desenvolvida é capaz de gerar com eficiência sabão em barra de alta qualidade a partir da adição de óleo vegetal usado, soda cáustica, amaciante e água.

CEARÁ

PROJETO: Projeto Energia Positiva – A utilização de pequenos aerogeradores na produção e consumo sustentável do potencial eólico de Acaraú

De: Acarau, CE

Estudantes: Arbiston de Sousa Borges, Rivan Rocha Pará

O projeto é um aerogerador doméstico capaz de aproveitar satisfatoriamente a energia cinética oferecida pelos ventos e convertê-la em energia elétrica por meio do uso de sucata para o barateamento dos custos da estrutura.

PROJETO: Utilização da robótica educacional no processo de ensino-aprendizagem nas escolas públicas

De: Maracanaú, CE

Estudantes: Wanderson Magalhães da Costa e William Braga de Sousa

Por meio da utilização de um robô inseto como elemento mediador no processo de ensino-aprendizagem nas disciplinas de matemática e física, estudantes que participaram de oficinas de robótica obtiveram um crescimento 68% na média das notas em matemática e de 87% em física.

MARANHÃO

PROJETO: Avaliação dos parâmetros físico-químicos e dos aspectos ambientais no desenvolvimento de um carvão alternativo.

De: Imperatriz, MA

Estudante: Carlos Guilherme Lopes Grotto

Desenvolvimento de um tipo de carvão alternativo, com vantagens em parâmetros físico-químicos e menor índice de poluição. O carvão produzido apresenta maior eficiência em todos os fatores físico-químicos analisados.

PROJETO: Aproveitamento Sustentável do Buriti (Mauritia Flexuos): Uma Alternativa ao Desenvolvimento das Comunidades Rurais do Oeste Maranhense

De: Imperatriz, MA

Estudante: Emily Ferreira Soares

O projeto tem como objetivo contribuir para a conservação e o uso sustentável das florestas nativas da palmeira Buriti, por meio do estímulo ao desenvolvimento da cadeia produtiva do buriti.

PARÁ

PROJETO: Pesquisando a Ação Larvicida do Melão-de-São-Caetano

De: Abaetetuba, PA

Estudante: Rafael Carmo da Costa

O estudo apresenta o emprego da erva melão-de-são-caetano (Mormodica charantia) como larvicida eficaz sobre as larvas do Aedes aegypti.

PERNAMBUCO

PROJETO: O índice constitucional

De: Recife, PE

Estudante: Ana Sofia Cardoso Monteiro

O projeto apresenta o Índice de Constitucionalidade (IC) como um avaliador social que explora parâmetros neutros ao categorizar o desenvolvimento com o objetivo de não tarjar a efetividade de sistemas governamentais, mas avaliar sua eficiência jurídica.

PROJETO: A problematização como estratégia pedagógica em educação nutricional: uma abordagem socioconstrutivista

De: Recife, PE

Estudante: Heitor Geraldo da Cruz Santos

A pesquisa consiste num estudo de caso sobre a eficiência de uma metodologia de educação nutricional que problematiza o processo de aprendizagem e considera alguns aspectos do socioconstrutivismo no processo de mudança de comportamento alimentar.

RIO DE JANEIRO

PROJETO: Produzindo Bio-DME, transformando poluição em energia

De: Macaé, RJ

Estudante: Lucas Ribeiro Mata

Um equipamento inovador foi desenvolvido com o objetivo do produzir uma planta de produção do DME (dimetil-éter) a partir do bagaço e da palha da cana-de-açúcar utilizando sucata comum.

RIO GRANDE DO SUL

PROJETO: TouchingNotes II – música para os sentidos

De: Novo Hamburgo, RS

Estudante: Vinícius Guilherme Müller

O projeto trata do desenvolvimento de um dispositivo capaz de interpretar comandos no protocolo MIDI, provenientes de um teclado musical ou do computador, codificando as notas tocadas em vibrações.

PROJETO: Biolixiviação Anti-cromo

De: Novo Hamburgo, RS

Estudantes: Marcelo Jung Eberhardt, Patrick Comassetto Führ

O projeto de Biolixiviação anti-cromo visa o remanejamento do cromo presente na serragem de rebaixadeira por meio da biolixiviação com Acidthiobacillus ferrooxidans.

PROJETO: Análise da impregnação de nanopartículas de dióxido de zircônio e de prata com quitosana em um tecido para tratamentos de saúde II

De: Novo Hamburgo, RS

Estudante: Kawoana Trauman Vianna,

Esta pesquisa visa produzir um tecido para a confecção de meias e curativos para tratar os problemas do pé diabético, evitando amputações ou auxiliando no pós-operatório de cirurgias. O material desenvolvido é capaz de ativar a circulação sanguínea e evitar infecções.

PROJETO: Produção Limpa de Biodiesel de Microalgas II

De: Novo Hamburgo, RS

Estudante: Vitória Rech

Tendo em vista os problemas sociais e ambientais causados pelo aumento da emissão de dióxido de carbono devido, principalmente, à queima de combustíveis fósseis, este projeto prevê a utilização de uma matéria prima renovável, a microalga Nannochloropsis oculata, para a produção de biodiesel.

SÃO PAULO

PROJETO: Padronização e uso de “sulfitômetro” para detecção rápida de sulfitos em pescados

De: Santos, SP

Estudantes: Gabriela Ono, Angela Di Gianni, Giovanna Calçada Tanniguchi

O projeto propõe um método para a detecção dos sulfitos no pescado. Seu uso em pescados e derivados mostrou que 1% das pessoas são sensíveis a sua presença e podem desenvolver manifestações como urticária, rubor, náuseas, diarreia, asma, podendo chegar até ao choque anafilático.

PROJETO: Oleoquímica: Reutilização de óleo de soja para produção de resinas alquídicas

De: São Paulo, SP

Estudantes: Adriana Ferreira Santana, Tiago Tolone Craveiro de Oliveira

Este trabalho apresenta uma possibilidade de reutilização do óleo de soja por meio da produção de resinas alquídicas. Além da viabilidade ambiental, a produção de tais resinas apresenta viabilidade econômica.

PROJETO: Sulfonação de Poliestireno: Aplicação na retenção de íons de metais pesados da água II

De: São Paulo, SP

Estudantes: Amanda De La Rocque Rodrigues, Carlos Henrique Leite da Silva e Paolo Damas Pulcini

O projeto tem o objetivo de transformar o isopor em uma resina de troca iônica por sulfonação em meios homogêneos, contribuindo para remover o isopor do meio ambiente.

PROJETO: Tecendo Saúde: A tecitura de substâncias antimicrobianas a partir da ooteca da aranha Phoneutria Nigriventer II

De: São Paulo, SP

Estudante: Leonardo de Oliveira Bodo

O objetivo da pesquisa é encontrar novos antibióticos que reduzem, em quase 100%, as chances dos microrganismos adquirirem resistência. Segundo o pesquisador, uma hipótese é que seria possível encontrar substâncias antibióticas na ooteca da aranha Phoneutria nigriventer, já que também é usado para proteger os ovos das presas e também de infecções.

PROJETO: Métodos educacionais para atual juventude e portadores de déficit de atenção e/ou hiperatividade

De: São Paulo, SP

Estudante: Matheus Manuppella

O projeto propõe a utilização de jogos de vídeo como método de concentração e autocontrole para adolescentes portadores de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH).

Fonte: Intel

Anúncios

Uma resposta para “Brasil leva 18 projetos de estudantes à competição mundial de ciências

  1. Pingback: O ISEF 2011 – A maior feira de ciências do mundo está chegando! | REDE POC

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s